Governo Temer Perdido

11 Flares 11 Flares ×

Governo Temer Perdido

O Temer começou seu governo com uma rejeição de 62%. Eu estava do outro lado, achando que ele poderia fazer um bom trabalho, pois o documento do PMDB – Ponte para o Futuro – era encorajador. Temer começou acertando na Economia, mas abrindo as porteiras do governo para o fisiologismo do Congresso. Deu no que era esperado. Já foi obrigado a trocar dois ministros.

Uma característica boa do Temer é ser cuidadoso. Uma característica ruim é ser muito cuidadoso. Não tem coragem para enfrentar os problemas, e foge, com receio de desagradar o Congresso, os artistas, o funcionalismo, com medo de por em risco o processo do impeachment. Temer está fazendo concessões inaceitáveis.

Logo no início do governo, o Ministro Henrique Meireles anunciou a possibilidade de aumento de impostos, mas que isso somemte seria implementado se uma forte redução de custos do governo não resolvesse o problema das contas públicas.

Aumento de impostos quando a economia já está em recessão é uma loucura. Porém, o governo fez mais: aumentou os custos com um grande aumento de salários do funcionalismo. Será que vão, depois de mais esse ato irresponsável, ter coragem para propor aumento de impostos?

Minha sugestão para baixar custos drasticamente: reduzir a Selic em pelo menos 3% de uma vez. Quais as consequências? O dólar sobe, melhorando a competitividade de nossas exportações e gerando mais empregos. O lado negativo seria o impacto na inflação. Considerando que a demanda está fraca em razão da crise, este impacto vai ser menor do que muitos economistas preveem. De qualquer modo, tendo que escolher entre inflação ou mais empregos, eu prefiro o último. A inflação já está alta e a solução para ela é menos premente que a criação de empregos. Além do mais, inflação alta corrige um pouco nossa baixa produtividade

Você concorda?

Deixe, por favor, sua opinião, observações e sugestões clicando em comentários no canto superior esquerdo desse artigo, logo abaixo do título.

Agradeço sua participação.

Roberto Lima Netto, Ph.D., Economic Systems Planning, Stanford University.

2 ideias sobre “Governo Temer Perdido

  1. Marcos Rechtman

    O aumento do funcionalismo determinou a opção de Temer por um governo sem melhorias para o país.
    Esse foi o divisor de águas.
    Será um governo de composição.
    Poucas Mudanças representativas.
    Apenas com um novo governo o país fará as reformas essenciais para a sua sustentabilidade

    Responder
  2. Paulo

    ROBERTO:

    VOCE ESTA NADA MAIS NADA MENOS QUE RECOMENDANDO A VOLTA DA NOVA MATRIZ ECONOMICA.BAIXA DE JUROS NA MARRA, VOLTA DA INFLACAO, MAIS DESVALORIZACAO DO DOLLAR.TUDO MAGICA. NADA ATUANDO NA ECONOMIA REAL.EM RESUMO, A BUSCA DE SOLUCOESE MAGICAS DESPEGADAS DA REALIDADE INAUGURADA POR JK HA QUASE SETENTA ANOS.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *